SURPRESA!!!

 








   Ele chegou de sopetão. Essa é a impressão que se tem ao se saber da vitória de Donald Trump, o magnata pedante que se apoderou do cargo mais importante dos EUA. Ele agora é presidente do mais poderoso país do mundo. Bem, pelo menos os EUA tem sido considerado uma potência mundial, mas a coisa parece ter mudado de figura na concepção dos próprios americanos, aqueles que tem   vivido e percebido a grande mudança na economia e na grade social do povo norte-americano. Especialistas especulam que o que fez Donald Trump subir ao poder foi nada menos que a insatisfação do povo com a situação interna da economia e com as repercussões negativas sobre questões inerentes ao American way of life que tem sido abalado diretamente pela benesse do governo para com todo o mundo.
   Uma visão mais radical expressada sem papas na língua por um candidato que percebeu que falar a língua da classe média baixa branca que tem sentido no bolso o declínio da qualidade de vida, a perda do poder aquisitivo e a impossibilidade de conseguir emprego causou uma ruptura so sistema político-social e a conseqüente  vitória de Trump. A incapacidade de andar de cabeça erguida e a falta de moral de se autodenominar americanos, bem como a sensação de ter seu país invadido por estrangeiros que vem inflar cada dia mais a crise que se abate sobre a terra do "American Dream" fez com que a vontade de mudança se fizesse sentir através do voto e deixasse embasbacado os democratas que acreditavam que sua vitória seria certa. Os tempos são outros para o povo dos EUA e a necessidade de mudança parece que só não foi sentida pelos velhos políticos acostumadas a ver o futuro baseados em pesquisa de opinião pública. A realidade precisa ser sentida para ser verdadeiramente percebida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PERDENDO FORÇA

PERIGO À ENTRADA DA EUROPA